Logo GERTI Soluções.

Entendendo a diferença entre cloud computing e edge computing

Cloud
Tags :
Cloud,Cloud Computing,Edge Computing
Share This :

O cloud computing e o edge computing são duas abordagens diferentes para a utilização de tecnologias de computação em nuvem. Embora ambos permitam que os usuários acessem recursos de computação remotamente, eles diferem em como esses recursos são fornecidos e como são utilizados.



O cloud computing se baseia na ideia de fornecer acesso a uma grande quantidade de recursos de computação através da internet. Os usuários podem acessar esses recursos através de um navegador web ou de um aplicativo específico, e podem utilizar esses recursos para executar tarefas diversas, como processamento de dados, armazenamento de arquivos e hospedagem de websites.



O edge computing, por outro lado, se baseia na ideia de colocar recursos de computação mais próximos dos usuários finais. Em vez de depender de uma infraestrutura de nuvem centralizada para fornecer recursos de computação, o edge computing coloca esses recursos em locais próximos aos usuários, como em dispositivos de borda ou em data centers regionais. Isso permite que os usuários tenham acesso a recursos de computação mais rápido e mais eficiente, pois os dados não precisam ser transmitidos através de grandes distâncias para chegar aos recursos de computação.



Uma das principais vantagens do cloud computing é a escalabilidade. Como os recursos de computação estão disponíveis através da internet, é possível acessar uma quantidade praticamente ilimitada de recursos de computação conforme necessário. Isso é especialmente útil para empresas que podem ter picos de demanda em certos momentos do ano ou para projetos que precisam de muitos recursos de computação em um curto período de tempo. Além disso, o cloud computing é geralmente mais barato do que ter uma infraestrutura de computação própria, pois as empresas só pagam pelo que usam.



Desvantangens do Cloud Computing



No entanto, o cloud computing também tem algumas desvantagens. A principal delas é a latência, ou seja, o tempo que leva para os dados serem transmitidos através da internet para chegar aos recursos de computação. Isso pode ser um problema em aplicações que precisam de tempo de resposta rápido, como jogos online ou sistemas de controle de tráfego aéreo. Além disso, o cloud computing também pode ser menos seguro do que o edge computing, pois os dados precisam ser transmitidos através da internet e podem ser interceptados por terceiros. O cloud computing também pode ser suscetível a interrupções de serviço, como falhas de energia ou problemas de rede, o que pode afetar a disponibilidade dos recursos de computação.



Desvantangens do Edge Computing



O edge computing também tem algumas desvantagens. A principal delas é o custo. Colocar recursos de computação em dispositivos de borda ou em data centers regionais pode ser mais caro do que utilizar uma infraestrutura de nuvem centralizada. Além disso, o edge computing pode ser menos escalável do que o cloud computing, pois os recursos de computação estão limitados ao local onde estão fisicamente presentes.



Conclusão



Em resumo, o cloud computing e o edge computing são abordagens diferentes para a utilização de tecnologias de computação em nuvem. O cloud computing oferece escalabilidade e custo mais baixo, mas pode sofrer de latência e problemas de segurança. O edge computing tem menor latência e é mais seguro, mas pode ser mais caro e menos escalável. A escolha entre o cloud computing e o edge computing dependerá das necessidades específicas de cada aplicação e do equilíbrio entre custo, desempenho e segurança.

Agende sua consulta gratuita!

Artigos Recentes

Alguma dúvida?

Não hesite em nos contatar. Nosso time de especialistas está pronto para lhe atender!

Leia Também…